Deus Existe

Ainda que a natureza, sozinha, fosse inteligente o suficiente para criar as
maravilhas do cosmos, promovendo a evolução das espécies, poderíamos
perguntar: “Quem criou a natureza?”
E se a mesma pergunta fosse repetida indefinidamente sobre quem criou
quem, chegaríamos, em algum momento, Àquele que, queiramos ou não,
é a Inteligência primeva, a Inteligência cósmica organizadora, arquiteta,
planejadora, executora, manifestadora, preservadora e dissolvedora da
manifestação manvantárica, conforme textos da Índia.
Olhe para a sua mão. Ela foi feita para segurar objetos. Olhe para os seus
pés. Eles foram feitos para que pudesse caminhar. Sem os olhos, não
enxergaríamos. Sem as cordas vocais, não nos comunicaríamos por meio
da fala. Sem os ouvidos, não ouviríamos.
Está claro que existe uma Inteligência guiando aquilo que Darwin chamou
de evolução. A evolução não poderia ocorrer sem uma Inteligência
ordenadora, organizadora. Cada reino, o mineral, o vegetal e o animal
apresentam diversidades e meios de sobrevivência que nos levam a crer
na permeância do Espírito que com o seu prana, energia vital inteligente,
dá vida a toda a forma e a governa de dentro para fora.
Quando os yogues meditam, entrando em estados profundos de
consciência, sentem a plenitude que governa universos. É nessa paz e
clareza mental que encontram força invencível e a certeza de que não
estão sozinhos, mas de que Deus existe.
Ele não pode ser visto por instrumentos criados pela ciência, pois como
afirmam os rishis (sábios iluminados), Ele está atrás da matéria. Mas Ele
pode ser sentido e realizado dentro de nós. Há milênios, yogues em
postura de lótus descortinaram os mistérios do cosmos que nossa ciência
contemporânea está descobrindo somente agora, engatinhando como a
criança em direção àquilo que os rishis afirmam desde tempos imemoriais.

Em 3100 anos antes de Cristo, os antigos sábios da Índia já afirmavam que a
Terra é redonda, que gira entorno de si mesma e em torno do sol e que o
nosso sol gira entorno de outro sol, uma estrela de grande magnitude
chamada de Vishnunabbhi ou magno centro.
Enquanto a ciência ocidental investiga a matéria ilusória, os yogues dos
tempos antigos e modernos afirmam que Deus existe e está dentro de
nós.
Texto: Prof. Alexandre Campelo
Alexandre é pedagogo, teólogo e escritor. Apresentador do programa
Dharmabook dentro da Alle TV, um canal virtual, além de idealizador do
Yogabook.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s